Kazuo Okubo, ‘Laís’, 2011, A Casa da Luz Vermelha