Luis Coquenão, 2017, Fernández-Braso