Marcelo Cidade, ‘Pessoal e intransferível (deconposition 4) - da série Nóias’, 2014, Galería Vermelho