Rodrigo Freitas, ‘Sem Título’, 2011, Athena Contemporânea