Willys de Castro, ‘Estudo final para pintura nº112’, Julho/Agosto de 1956, Studio Nóbrega